/

Back to home page

Democracy around the World

Comunidade de democracias

   Fri 11/10/2002

Considerando que, de 9 a 12 de Novembro próximo, terá lugar em Seul, na Coreia do Sul, a segunda assembleia da ”Comunidade de democracias' com a presença de delegações governamentais e ministeriais de mais de cem países e um fórum de mais de trezentas ONG, nomeadamente e já activamente comprometidos, o Partido Radical Transnacional e a Associação Não há Paz Sem Justiça;

Considerando que este encontro é particularmente significativo porque constitui um momento de reflexão e de impulso no que respeita aos instrumentos e às modalidades de promover o Estado de Direito, a democracia política e o respeito dos direitos humanos no mundo;

 

Considerando que até à data anunciaram a sua participação ministros dos negócios estrangeiros de vários países, nomeadamente o Secretário de Estado norte-americano Colin Powell, enquanto que não há qualquer indicação sobre a presença da União Europeia enquanto tal, nem sequer da participação e do contributo dos governos dos quinze;

 

Considerando que estão já em circulação documentos preparatórios relativos às deliberações que deverão ser tomadas em Seul;

 

Como se está a preparar a União Europeia e, nomeadamente, a Comissão, para este importante encontro e a que nível ministerial se prevê a participação na reunião?

 

Qual é, se existe, ou qual será o contributo europeu para esta iniciativa, visto que os objectivos da ”Comunidade de Democracias' coincidem com os compromissos e os princípios tantas vezes solenemente afirmados pela União Europeia sobre a necessidade de consolidar e promover a democracia, o Estado de direito e os direitos humanos no mundo, a partir de uma acção comum de todos os países regidos por princípios democráticos?

 


http://www.europarl.europa.eu/sides/getDoc.do?pubRef=-//EP//TEXT+OQ+O-2002-0076+0+DOC+XML+V0//PT